fran duarte

cartas e poesias de amor

Textos

de tanto amar
                         _Parar para que,se posso continuar
                          a te amar,a te querer a te ouvir a te
                          falar eu ti amo sem reservas ,sem
                          rótulos e sem rodeios até nos tornarmos
                          um só corpo e viajar na mansa onda do mar.


                         _Com cheiro da maresia,e também
                          muita alegria,com doce frescor da
                          brisa que bate no nosso olhar que
                          descansa deitado na praia cansado
                          de tanto amar.
fran duarte
Enviado por fran duarte em 02/02/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras