fran duarte

cartas e poesias de amor

Textos

CARTA DE AMOR 4!
Querido,nas últimas três cartas que te escrevi deixei bem claro
que não te esqueci,e ainda hoje me pego olhando o céu para poder
ver o nosso arco iris,aquele mesmo que nos dois ficávamos observando
juntos da nossa janela e eu lhe dizia que você era a maior riqueza que
o arco iris havia me dado e junto veio o pote mas não com ouro e sim
com momentos de prazer que para nos era algo infinitamente,puro
e maravilhoso e seus beijos me levavam aos céus e me trazia de volta
a terra só para te amar e te fazer feliz.E não sei porque tudo isso deixou de ser importante para você e sem explicar você me olhou sorriu
e  partiu e eu fiquei parada sem dizer nada apenas te olhei e chorei
entrei no quarto e me tranquei,e foram dias difícil para mim,chorei tudo
que podia,sofri tudo que devia,mas procurei te entender e resolvi dar a volta por cima,me levantei sacudi a poeira,me lavei em  águas cristalina
abri a janela e lá estava o nosso conserto, mas colorido do que nunca e
o arco iris dizia espera ele vai voltar e agora com a certeza de que vocês dois são almas gêmeas e jamais serão felizes separados,e eu estou aqui te esperando.
fran duarte
Enviado por fran duarte em 04/09/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras