fran duarte

cartas e poesias de amor

Textos

JURAS FORAM QUEBRADAS
PARADA NA PORTA EU VI VOCÊ PARTI
NÃO ENTENDI,NÃO ACREDITEI,QUE AGORA
SOMOS SÓ EU E A SALA QUE PARECIA VAZIA
TÃO GRANDE.

O QUE FOI QUE PASSOU ALI EU NÃO ENTENDO
JURAS FORAM QUEBRADAS,SAUDADES SE PROLONGARAM
LEVANDO ME A RUÍNA,QUE SINA ESPERAR POR VOCÊ TANTO
TEMPO.

E AGORA SEM DIZER NADA CORTOU NOSSOS LAÇOS E COM
UM ABRAÇO SAIU E NEM SE PERGUNTOU SE SEM VOCÊ EU
SERIA FELIZ
fran duarte
Enviado por fran duarte em 08/09/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras