fran duarte

cartas e poesias de amor

Textos

COMO AS ONDA DO MAR
TUAS  MÃO ACARICIA MEU CORPO COMO AS ONDAS DO MAR
E NA IMENSIDÃO DOS MEUS  PENSAMENTO TODO O TORMENTO
ME ENLOUQUECE, SÓ DE  IMAGINAR  QUE POSSO PERDER VOCÊ.

E SE ISSO ACONTECER NÃO SEI O QUE VOU FAZER, TALVEZ ME ATIRAR
RUMO AO DESCONHECIDO PARA ASSIM NÃO TER A QUEM CULPAR PELA
MINHA INFELICIDADE.


APENAS MEU CORPO SENTIRA A SAUDADE DAS TUAS MÃOS ,QUE TALVEZ
NESSE  MOMENTO ESTEJA  PINTANDO OUTRA TELA E COM CERTEZA NÃO
NÃO É O MEU RETRATO...
fran duarte
Enviado por fran duarte em 02/08/2016


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras