fran duarte

 

cartas e poesias de amor



Textos

COMO FOI INTENSO!
E ainda hoje me pego lembrando
daquele amor passageiro que foi apenas
momentos de largas felicidades


mas parece que durou a vida inteira pois
entre o tempo e o vento passou suaves
sonhos de como foi inteso


os sentimentos que vivemos e nos caminhos
onde passamos somente a brisa sopra rumo ao
desconhecido que agora viaja nas emoções que


restou do amor que só existiu nas minhas
lembranças das noite quentes e vazias
daquele verão...!
fran duarte
Enviado por fran duarte em 14/01/2018


Comentários


 
Site do Escritor criado por Recanto das Letras