fran duarte

cartas e poesias de amor

Textos

DOENÇAS NÃO FAZ LICITAÇÃO,ELAS MATAM!
Hoje novamente eu passei em frente ao hospital conhecido como
santa casa de misericórdia ,e mas uma vez vi muitas pessoas dezendo
que lá  ainda não estava atendendo pelo sus por falta de dinheiro dos
governos que promete e não cumpre ou faz tudo pela metade,só que na saúde não tem como esperar as doenças elas vem sem avisar,as doenças não faz licitação para se apossar de alguém,por isso não tem como esperar que vocês governantes fiquem dando chilique para ver de quem é a culpa do dinheiro não vir para os hospitais,a culpa é de quem não sabe trabalhar comandar seus secretários ,a culpa é de gente incompetente que só tá no governo por causa do salário ,a culpa é também nossa que não soubemos escolher em quem votar,mas o maior culpado e o governo omisso e que não cumpre o que prometeu e muito menos o que a constituição reza ,os direitos dos cidadão a muito tempo não esta sendo respeitado nos já desistimos de cobrar e ai tudo fica bem mas pior ,as pessoas estão desanimados com os políticos por que cada dia aparece um podre de um político ,e por isso não tem dinheiro para saúde e outros direitos que nos temos. Senhores governantes ainda bem que vocês não precisam dos hospital públicos pois ganham um ótimo salário que nos contribuintes pagamos para que vocês  cuidarem da saúde e de outras coisas, mas parece que você se esqueceram disso e ficam empurrando com a barriga enquanto pessoas morrem nos prontos socorros e nas santas casas que fazem de tudo para tentar acudir as pessoas na medida dos seus possíveis porque os governos não fazem as suas partes QUE É REPASSAR O DINHEIRO PARA OS HOSPITAIS SEM DEMORA E INTEGRAL; SENHORES DOENÇAS NÃO FAZ LICITAÇÃO ELAS MATAM.
fran duarte
Enviado por fran duarte em 02/05/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras