fran duarte

cartas e poesias de amor

Textos

SE ANINHOU NO MEU PEITO!
NEM QUE O TEMPO ME AQUEÇA
E O VENTO APAREÇA ELES NÃO
VÃO CONSEGUIR LEVAR PRA LONGE
DE MIM ESSE AMOR SEM TER FIM
QUE SE ANINHOU EM MEU PEITO!

MESMO SEM EU QUERER AINDA ASSIM
VOU VIVER NESSE TEMPO ESQUECIDO
POR UM AMOR CONVENCIDO E LEVADO
PELO VENTO DA CHUVA DO MEU TORMENTO
E DA DOR DA ILUSÃO QUE SEM PEDIR PERMISÃO
TORNOU SE DONO DO MEU CORAÇÃO!
fran duarte
Enviado por fran duarte em 01/07/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras