fran duarte

cartas e poesias de amor

Textos


O QUE QUERIA!

NO MEIO DA MULTIDÃO PROCURO POR TI
MAS NÃO ENCONTRO TEU CHEIRO E MUITO
MENOS VOCÊ QUE PROMETEU ME ESPERAR
MESMO QUE FOSSE PARA SEMPRE...

O DOCE ILUSÃO QUE EU ESTOU EM TEU CORAÇÃO
MAS PERDIDA EM MEIO AO MEU PENSAMENTO QUE
TORMENTO NÃO TE ACHO MESMO QUE PROCURE COM
GRANDE LABAREDA ESSA MULTIDÃO FAZ QUESTÃO
DE TE ESCONDER.

E AINDA QUE TE ACHE TALVEZ NÃO TEMOS MAS TEMPO
DE PROVAR QUE TUDO QUE VIVEMOS FOI BOM MAS NÃO
FOI O SUFICIENTE PARA VOCÊ FICAR E NÃO IR AO ENCONTRO
DAQUILO QUE NEM MESMO VOCÊ SABIA O QUE QUERIA E SÓ
AGORA ESTA NO MEIO DA TEMPESTADE ...
fran duarte
Enviado por fran duarte em 29/09/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras