fran duarte

cartas e poesias de amor

Textos


QUE TAL SE A GENTE...

QUE TAL SE A GENTE...

QUE TAL SE A GENTE LEMBRASSE DOS VELHOS TEMPOS
DAQUELE QUE NEM O VENTO CONSEGUIRAM LEVAR E VEIO
COMO TEMPESTADE E PLANTOU NO MEU CORAÇÃO TODA ILUSÃO
QUE EU PODIA TE AMAR...

QUE TAL SE AGENTE VOLTASSE NO TEMPO PARA PODER NAMORAR
NA PRACINHA DA CIDADE PASSEANDO DE MÃOS DADAS E NEM TIVESSE CELULAR...


QUE TAL SE AGENTE SONHASSE NOVAMENTE DAI QUEM SABE DE REPENTE NEM QUE FOR NA NOSSA MENTE APENAS SONHO BOM COM BEIJOS SABOR DE BOMBOM...

QUE TAL SE A GENTE DANÇASSE ABRAÇADOS EMBALADOS NAS MÚSICAS ROMÂNTICAS QUE NOS LEVAVA A VIAJAR NAS EMOÇÕES
ACALMANDO O NOSSO CORAÇÃO...

QUE TAL SE AGENTE ACORDASSE E FOSSE TUDO VERDADE E NOS DOIS SÓ TERÍAMOS FELICIDADE POIS NO AMOR NÃO IMPORTA A IDADE...

QUE TAL SE A GENTE...........
fran duarte
Enviado por fran duarte em 12/06/2019
Alterado em 25/08/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Áudios Relacionados:
QUE TAL SE A GENTE... - fran duarte


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras